Voltar 13 de Setembro de 2021

Deputados dão rasteira nos Sindicatos Unidos e aprovam Reforma da Previdência nas sombras


Na última quarta-feira, 08, os deputados estaduais deram uma verdadeira demonstração de que são indignos dos votos que receberam nas urnas da classe trabalhadora rondoniense.

A prova disso, foi à aprovação no Plenário da Casa de Leis, da PLC/020, da Reforma da Previdência Estadual, com 18 votos favoráveis e 01 contrário, sem que cumprissem o acerto feito com os Sindicatos de debaterem o assunto à exaustão. Na mesma sessão, foi colocado para apreciação as PECs nº 1377/2021 e nº021/2021, com as mesmas finalidades, mas que tiveram suas tramitações interrompidas em razão de pedido de vistas.

OS FATOS:

No dia da votação, para burlar a vigilância dos sindicatos, o presidente da Casa de Leis colocou em pauta três propostas de Emenda à Constituição, que tratavam sobre a Reforma da Previdência Estadual.

Na sequência, “malandramente” Redano aceitou pedido de vista em duas delas e os parlamentares aprovaram de forma sorrateira exatamente a que prejudicava os servidores, enganando-os, na “cara dura”.

Com essa decisão, eivada de tanta indignidade, os servidores públicos vão carregar nas costas, pelo resto da vida, o fardo de pagar a conta de uma farra de más gestões no Iperon, que, sequer, tiveram conhecimento de como foi arquitetada, cuja dívida, oficiosamente, bate a casa dos 15 bilhões de reais.

Outro fato que chamou a atenção dos Sindicatos Unidos, foi que as PEC’s chegaram à Assembleia, para deliberação, enviadas pelo Poder Executivo na quarta-feira (08/09) e, em tempo recorde, ou seja, no mesmo dia, foram a plenário, e a que atingia em cheio os servidores foi aprovada, excluindo assim, qualquer chance de debate sobre os pontos que flagrantemente prejudicavam a classe trabalhadora.

De certo, a manobra desonesta daqueles que, em tese, seriam representantes do povo, bateu forte no peito do servidor público, que até agora, não sabe ao certo, que propostas foram impostas, uma vez que os Sindicatos Unidos não puderam ter acesso nem aos textos de forma integral.

Diante disso, os Sindicatos Unidos, prometem procurar a justiça como desforra e, também, promover sessões plenárias em todo o Estado para dar conhecimento aos servidores dessa manobra infame, perpetrada por alguém que, em tese, ao invés de atacá-los e surrupiar seus direitos, teriam o dever constitucional de defendê-los com unhas e dentes.

De qualquer sorte, os departamentos jurídicos dos sindicatos se debruçam sobre a questão, a fim de qual será a melhor saída para reverter a lambança feita pelo Poder Legislativo Estadual.

Por outro lado, os Sindicatos Unidos se comprometem em apresentar emendas nas propostas que tiveram suas tramitações interrompidas por pedidos de vistas apresentados pelos deputados.

Por fim, os Sindicatos Unidos, firmam seu compromisso com servidores de manter a luta aguerrida e de não se calar diante de tamanho descalabro, em nome de seus esforços e de sua vida de luta inteiramente dedicada em prol do desenvolvimento de Rondônia.


1 Comentários

  • Ozana Aparecida Aires
    13 de Setembro de 2021

    Temos que unirmos todos servidores e fazer campanha contra esse deputado mostrar para o povo que são trairas, covardes.

Deixe um Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

CNTE
Educação Pública EU APOIO
CUT
FNDE