Voltar 07 de Abril de 2021

Nota de Repúdio


O Sintero vem a público manifestar repúdio ao Governo Federal diante da condução da crise sanitária causada pela Covid-19 neste dia 07 de abril, Dia Mundial da Saúde. Atualmente, o Brasil lidera o ranking de países com número de mortes diárias por Covid-19, registrando somente nas últimas 24 horas 4.211 óbitos, alcançando assim, a marca de 337.364 vítimas letais ao vírus. Com políticas públicas falhas e até inexistentes em muitas localidades, o país encontra-se em um verdadeiro abismo.

A condução do Governo Federal diante da crise sanitária é ineficiente, precária e vergonhosa ao adotar uma postura negacionista que critica e ironiza as medidas de proteção e distanciamento social recomendadas por órgãos e autoridades da saúde. Também é considerada nociva e criminosa ao popularizar e recomendar o uso de medicamentos como cloroquina, sem que haja comprovação científica quanto sua eficácia.

Neste momento crítico da pandemia em que há superlotação nos hospitais e nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), assim como a falta de medicamentos para intubação é uma triste realidade vivida inclusive no Estado de Rondônia, o Sintero lamenta que não há mínimo interesse dos atuais governantes em aplicar medidas efetivas para contenção da pandemia, para salvar vidas, proteger empregos e pela vacinação em massa para todos.

Neste momento não nota-se perspectivas de mudanças e melhorias sobretudo ao evidenciar que não houve direcionamento de verbas dedicadas ao combate à pandemia no orçamento da União aprovado em 2020 pelo Congresso Nacional. Ou seja, não há investimento para compra de equipamentos de proteção para os trabalhadores da saúde, de respiradores e ampliação de leitos de UTI e do estoque de oxigênio, entre outras necessidades para atender a população contaminada pelo vírus.

Milhares de pessoas já morreram e continuarão morrendo enquanto atitudes isoladas e incompatíveis com as recomendações científicas não forem priorizadas em nosso país. Vidas essas que poderiam e ainda podem ser evitadas se houvesse compromisso com a vida. Entretanto, a única política adotada até o momento é a do extermínio.

Neste Dia Mundial da Saúde, o Sintero repudia atitudes, comportamentos e falas que refutam a ciência e contribuem para disseminação do coronavírus, reafirmando seu posicionamento de que vidas importam. Sendo assim, para protegê-las é necessário e urgente a vacinação para todos os brasileiros e brasileiras. A sociedade clama, vacinação já!


Deixe um Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

CNTE
Educação Pública EU APOIO
CUT
FNDE