Voltar 20 de Setembro de 2022

Professora da Rede Municipal de Guajará-Mirim é selecionada para programa de aperfeiçoamento em Portugal


A professora Karyna Patrícia dos Reis Maia, lotada da E.M.E.I.E.F Almirante Tamandaré, do município de Guajará-Mirim, foi aprovada na seleção do Programa de Desenvolvimento Profissional de Professores Alfabetizadores em Portugal (Projeto ABC). A professora do quadro municipal da Educação de Guajará-Mirim irá realizar um curso de aperfeiçoamento denominado “Alfabetização Baseada na Ciência”.

O curso Alfabetização Baseada na Ciência é fruto da cooperação internacional entre instituições brasileiras e portuguesas, sendo elas: a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), a Secretaria de Alfabetização (Sealf) do Ministério da Educação; a Universidade do Porto (UP), o Instituto Politécnico do Porto (IPP) e a Universidade Aberta de Portugal (Uab).

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o objetivo dessa parceria é promover a capacitação de profissionais da educação que atuam na área de alfabetização e que estejam em efetivo exercício nas redes públicas de educação básica.

A capacitação terá duração de 6 semanas e todos os custos da viagem e estadia serão ofertados aos bolsistas, desde a acomodação até deslocamento em Portugal.

De acordo com a professora, a formação promoverá melhorias do desenvolvimento de suas atividades, além de garantir uma experiência única. “Atuar alfabetizando as crianças, se tornou uma paixão e, através dessa formação, será possível remodelar minha prática de ensino. Acredito que será inovador e inédito. Por isso, assumo compromisso de elevar a qualidade do processo de alfabetização no Município de Guajará-Mirim. Reforço ainda, que essa conquista não é só minha. Mas, de toda a Rede Pública de Ensino a qual represento”, disse Karyna Patrícia.

“O Sintero parabeniza a professora e ressalta que sempre apoiou e incentivou projetos como este, que auxiliam na formação dos profissionais em Educação e ajudam no desenvolvimento da Educação pública”, disse a presidenta do Sintero em exercício, Dioneida Castoldi.


Deixe um Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

CNTE
Educação Pública EU APOIO
CUT
FNDE